O Brasil melhorou os cuidados de saúde para todos, mas as desigualdades persistem

Um estudo realizado por James A. Macinko – professor de políticas de gestão da saúde e ciências da saúde da comunidade da UCLA Fielding School of Public Health – veio reconhecer que o Brasil melhorou significativamente o acesso da população aos cuidados de saúde, no entanto, muito mais ainda tem que ser feito para erradicar as desigualdades que existem no país.