Com certeza você já escutou aquela famosa frase “Durante a gravidez você deve comer por dois”. Ou ainda, “Aproveita que está gravida menina! É o período que você pode engordar à vontade”. Mas acontece que não é bem assim, uma alimentação saudável durante a gravidez é essencial para tanto para o desenvolvimento do bebê, quanto para o corpo da mamãe.

A premissa que você pode engordar ou comer desenfreadamente já caiu por terra faz algum tempo. Ganhar muito peso durante a gravidez pode acarretar em problemas de pressão alta para mamãe e, consequentemente prejudicar o bebê em formação.

dicas de alimentação saudável durante a gravidezMas, como saber o que se pode ou não comer? Depois da popularização da internet, além das amigas/mãe/tias/vizinhas (e por aí vai…) palpitarem na sua alimentação, é possível encontrar informações controversas de como manter a alimentação saudável neste período.

A dica mais importante é o acompanhamento médico gestacional! Como o organismo de cada mamãe é diferente, só um profissional capacitado poderá realmente dizer o que é melhor para você no quesito de suplementações, vitaminas, etc. Adicionalmente a isso, o acompanhamento médico é imprescindível para assegurar o correto desenvolvimento do bebê.

Somando-se às orientações médicas, seguem aqui 4 dicas valiosas que te ajudarão a manter uma alimentação saudável na gravidez.

Dicas de alimentação saudável durante a gravidez

#DICA 1: Comece antes mesmo de engravidar

Fazer pequenas mudanças na sua alimentação é importante antes mesmo de você engravidar. A alimentação adequada e balanceada irá colaborar para que seu corpo esteja preparado para receber o bebê. Coma mais vegetais verde-escuros (em virtude do ácido fólico) e alimentos ricos em ferro, como carnes vermelhas, feijão, soja, aveia, etc.

#DICA 2: Nem todas as fases da gestação são iguais

Uma nutrição balanceada, com proteínas, carboidratos e gorduras é essencial ao longo da gravidez. Porém, conforme o bebê vai se desenvolvendo, alguns elementos tornam-se mais importantes na dieta. Assim, entender um pouco o que acontece com seu corpo em cada trimestre da gestação é fundamental.

  • 1º trimestre: esta é a fase do FERRO e ÁCIDO FÓLICO, devido ao aumento do sangue circulante no corpo da gestante. Beba bastante líquidos. É também nesta fase que as mulheres costumam sentir os enjoos característicos da gestação. Portanto evite ficar muito tempo de estômago vazio, coma carboidratos leves (massas leves, arroz, bolachas de água e sal) a cada 2 ou 3 horas e tome água saborizada com gotinhas de limão (ajudam com os enjoos).
  • 2º trimestre: esta é a fase da VARIEDADE de nutrientes e também quando você deve focar em FERRO e CÁLCIO. O que acontece é que no 2º trimestre a mamãe sente mais prazer em comer, as papilas gustativas estão a mil e os desconfortos dos enjoos iniciais já passaram. Coma bastante fibras e alimentos com cálcio, ferro, vitamina B6 e potássio. Invista na variedade e nos alimentos em sua forma natural, como frutas, verduras e legumes. Ademais, esta é a fase dos desejos, evite exageros e siga a dica #3.
  • 3º trimestre: FIBRAS, CÁLCIO, FERRO e VITAMINA C. Por ser o período em que o bebê cresce mais, a mamãe vai sentir muita fome. São recomendadas pequenas refeições ao longo do dia. As fibras são importantes para manter um bom funcionamento do intestino, já que nessa fase constipações e hemorroidas são comuns. O cálcio e o ferro ajudarão no crescimento do bebê e, a vitamina C maximiza a absorção do ferro. Beba bastante líquidos, a hidratação é outro ponto essencial para uma gravidez saudável.

#DICA 3: Alimentos que você deve evitar na gravidez

De maneira geral, não é indicada a ingestão de carnes cruas ou malpassadas. Até mesmo a comida japonesa, que culturalmente é ingerida crua. Ovos crus, ou alimentos preparados com eles, como gemadas, mousses, maionese caseira, também não são recomendados.

O excesso de sódio é prejudicial, mas essa dica você deve carregar para vida, evite exageros no que concerne à molhos a base de soja, sal, alimentos industrializados, etc. Durante a gestação, assim como o excesso de peso, a alta quantidade de sódio também pode levar ao aumento da pressão da mamãe.

Você deve riscar as bebidas alcoólicas do seu cardápio. Assim como as bebidas/alimentos à base de cafeína, pois estes podem agitar o bebê e atrapalhar o sono da mamãe. Para àquelas que veneram um cafezinho, muita calma, você não precisa abandoná-lo de vez, mas preconize tomar somente 1 ou 2 xícaras por dia.

Por fim, evite comer alimentos muito gordurosos. E só consuma os lights ou diets se forem recomendados pelo seu médico.

#DICA 4: Alimentos que você deve incluir no cardápio

alimentação saudável durante a gravidezAgora você já sabe que nem todas as fases da gestação são iguais e quais alimentos você deve evitar. Mas, de maneira prática, segue uma listinha de alimentos que você deve incluir no cardápio para uma alimentação saudável durante a gravidez:

  • Feijão: fonte de proteínas, ferro, cálcio, vitaminas do complexo B, zinco, carboidratos e fibras. Se for o caso, você pode substituí-lo por lentilha ou grão-de-bico.
  • Cereais e alimentos integrais: esses alimentos são ricos em fibras e causam excelente sensação de saciedade.
  • Castanha-do-pará: essa oleaginosa carrega o precioso ômega 3. Este elemento está associado a formação do cérebro do bebê. Tente consumir 3 ou 4 ao longo do dia. Nozes, amêndoas e castanhas-de-caju igualmente podem ser consumidas (sempre sem sal).
  • Couve manteiga: a couve é riquíssima em ferro, cálcio, vitaminas C e E, betacaroteno, potássio e ácido fólico.
  • Iogurtes: além de deliciosos, os iogurtes trazem consigo cálcio e proteínas. Outra vantagem deste alimento é que ele auxilia no fluxo intestinal.
  • Laranja: consumida em sucos ou in natura, a laranja traz a vitamina C em abundância, favorecendo a absorção do ferro. Complementarmente, esta fruta colabora com a hidratação e o correto funcionamento do intestino.

Além destas 4 dicas valiosas de alimentação saudável durante a gravidez, evitar estresses, praticar exercícios leves e ter boas noites de sono irão contribuir para que você tenha uma gestação tranquila. Cuide de seu corpo e sua mente. E, acima de tudo, curta esse período maravilhoso da vida.

Gostou das dicas? Curta e compartilhe. Tem outras dicas para dar as futuras mamães? Deixe seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *