• Publicidade

Pedras nos rins – Saiba quais os sintomas, causas e tratamentos.

pedras nos rinsTodos sabem que pedras nos rins não é uma doença rara e que pode acontecer em qualquer tipo de pessoa, basta apenas que essa pessoa seja negligente com sua saúde e ela se apresentará.

Para trazer mais informação sobre o assunto, escrevi este post mostrando os sintomas, causas e tratamentos relacionados a doença de pedras nos rins, confira!

Mas o que são pedras nos rins?

As pedras nos rins, como é mais conhecida, ou o cálculo renal, é uma doença que implica na presença de uma pequena quantidade de massa cristalizada nos rins, ou pequenas pedrinhas, além de também poder aparecer em outros órgãos do trato urinário.

Atualmente o cálculo renal é classificado em quatro formas, mas cada um tem diferenças em ralação aos outros devido suas características especificas, veja quais os tipos de cálculo renal que podem existir:

O cálculo de cistina:

Esse tipo de cálculo renal pode se apresentar em indivíduos que que sofrem de cistinúria, que é uma doença dos rins de fator hereditário atingindo homens e mulheres.

O cálculo de cálcio:

O cálculo renal do tipo cálcio é o mais conhecido e mais comum de acontecer, mas se apresenta com mais frequência em pessoas do sexo masculino do que no feminino na faixa etária entre 20 e 30 anos de idade. Esse tipo de cálcio após trato pode reaparecer e causar problemas novamente.

Devido a possibilidade de combinações do cálcio com outras substancias, a pedra nos rins de cálcio pode aparecer com mais frequência devido sua formação com essas outras substancias. Há também a possibilidade de outras doenças do intestino delgado levarem ao surgimento desse tipo de pedras nos rins.

O Cálculo de ácido úrico:

Os cálculos de ácido úrico estão presente apenas em 7% do total de todos os tipos de cálculo renal. Esse tipo de ácido também é mais frequente em homens do que em mulheres e está relacionado com alimentação rica em proteínas.

O fator genético também está ligado a este tipo de cálculo renal.

O cálculo de estruvita:

Esse tipo é mais comumente encontrado nas mulheres que sofrem com infecções no trato urinário, podendo trazer complicações serias, pois o crescimento das pedras podem chegar ao ponto de bloquear os rins.

Quais os sintomas de pedras nos rins?

Quem já sofreu com esse problema sabe que a doença por si só não causa sintomas, o que acontece é que quando as pedras se movimentam dentro dos rins ou estão para sair é que é identificado a presença da doença. A partir disso é que os sintomas aparecem, são eles:

  • Náuseas e vômitos.
  • Dor lombar que alterna entre leve e intensa, podendo ser sentido em outros locais como o abdômen.
  • Vontade de evacuar e ao ir ao banheiro não sair nada.
  • Vontade de ir ao banheiro urinar mas não consegue urinar muito.
  • Sentir ardência durante o ato de urinar.
  • Siar sangue junto à urina.

Quais as causas de pedras nos rins?

O que causa a aparição de pedras nos rins é o excesso de substancias sólidas, como o oxalato, o cálcio, ou ácido úrico. Com a presença de grande sólidos nos rins e formação de cristais por essas substancias sólidas as pedras nos rins se formam e causam os sintomas já citados.

Alguns fatores de risco que são sabidos que causam pedras nos rins são:

  • Dietas ricas em proteínas.
  • Pessoas com problema de excesso de peso.
  • Familiares que já tiveram problemas relacionados a pedras nos rins.
  • Pouca hidratação.

Como se tratar?

Durante os sintomas, as pessoas que estão com esse problema podem ingerir grandes quantidades de água, de 3 para 4 litros de água por dia ajudará a expelir as pedras nos rins e dificultará na formação de outras, já que os rins estarão bem hidratados. Se os rins permanecem secos, haverá mais facilidade de aparecer outras pedras.

Pode ser usado também remédios, como os analgésicos para diminuir as dores causadas pelas pedras.

Quando os procedimentos anteriores não derem resultado devido ao tamanho das pedras ser muito grande, tratamentos cirúrgicos podem ajudar, são eles:

  • Traqueostomia percutânea.
  • Ureteroscopia.
  • Litotripsia extracorpórea.
  • Cirurgia de glândulas paratireoides.

Cuide da sua saúde.

Portanto este artigo teve a missão de informar sobre uma doença muito comum e que pode acometer qualquer pessoa. Os problemas de cálculo renal podem ser facilmente evitados se você ingerir bastante liquido diariamente.

Sempre pratique exercícios físicos e consuma uma dieta balanceada para melhorar ainda mais a sua saúde. Dessa forma você está indo para uma vida mais longa e saudável.

Se você se sentiu beneficiado com as informações contidas neste artigo, curta, compartilhe e comente, você estará contribuindo para que essas informações alcancem outras pessoas.

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade