• Publicidade

O que é, causas, sintomas e tratamentos da osteoartrose

OsteoartroseTambém conhecida como doença articular degenerativa ou artrite degenerativa, a osteoartrose é um dos problemas mais comuns das articulações. Qualquer articulação do corpo humano pode ser afetada, mas a condição ocorre com mais frequência nos joelhos, quadris, parte inferior das costas e pescoço, pequenas articulações dos dedos e as bases do polegar e do dedão do pé.

Nas articulações que estão normais, um material firme e elástico chamado cartilagem cobre as extremidades de cada osso. A cartilagem fornece uma superfície lisa, no qual facilita a movimentação do ossos atuando como uma proteção dos mesmos. Na osteoartrose, a cartilagem se rompe, causando dor, inchaço e problemas de movimentação das articulações.

A osteoartrose (popularmente conhecida apenas como artrose) é uma doença progressiva, os sinais e sintomas tendem a piorar gradualmente ao longo do tempo. Não há cura para essa condição, no entanto, há medidas para gerenciá-la.

Quem é afetado?

Embora a osteoartrose possa ocorrer em pessoas de todas as idades, sua ocorrência é relativamente maior em pessoas acima de 65 anos. Os fatores de risco mais comuns incluem:

  • Aumento de idade;
  • Obesidade;
  • Lesão articular prévia;
  • Uso excessivo de determinada articulação;
  • Genética.

Aproximadamente 50% dos adultos irão apresentar os sintomas das osteoartrose no joelho em algum momento de suas vidas. Um em cada quatro adultos irá experimentar o desenvolvimento da osteoartrose no quadril aos 85 anos de idade.

Sintomas da osteoartrose

Os sintomas da osteoartrose variam de acordo com as articulações que são afetadas, assim como sua gravidade. Entretanto, os sintomas mais comuns são dor e rigidez, particularmente na primeira parte da manhã e/ou após um descanso.

As articulações podem ficar inchadas, especialmente depois de uma atividade prolongada. Esses sintomas se constroem ao longo do tempo, sendo que os mais comuns incluem:

  • Dores nas articulações;
  • Problemas de movimentação das articulações afetadas;
  • Rigidez da articulação afetada (mais grave ao acordar).

Há casos em que as pessoas com osteoartrose não apresentam os sintomas de forma recorrente, mas se a condição está presente, a tendência é que os mesmos evoluam lentamente.

Além dos sintomas acima descritos, outros menos comuns podem aparecer, dentre os quais:

  • As articulações afetadas são maiores do que o normal;
  • Após mover a articulação por algum tempo, a dor e a rigidez podem piorar;
  • As juntas podem ficar quentes;
  • Movimentos limitados das articulações afetadas;
  • Sensação de ranger ou estalos na articulação afetada.

Causas da osteoartrose

Embora a osteoartrose tenha sido por muito tempo acreditada como sendo uma causa do desgaste das articulações ao longo de tempo, os especialistas agora determinam essa condição como uma doença das articulações. Veja a seguir alguns fatores que podem contribuir para o desenvolvimento da osteoartrose:

Genes

Algumas características genéticas podem tornar uma pessoa mais propensa a desenvolver a osteoartrose. Uma delas é um defeito raro na produção de colágeno, uma proteína que compõe a cartilagem. Essa anomalia pode causar a osteoartrose mesmo em pessoas na faixa dos 20 anos de idade.

Peso

O excesso de peso, mais especificamente, exerce uma pressão adicional nos quadris e joelhos. Se você está muito acima do seu peso, a cartilagem que faz um papel de “almofada” das articulações pode “quebrar”, independentemente da sua idade. Além disso, estudos sugerem que o excesso de tecido adiposo produz substâncias químicas inflamatórias (citocinas) que podem danificar as articulações.

Lesões e uso excessivo

Movimentos repetitivos ou lesões na articulações (fraturas e rupturas dos ligamentos) podem motivar a osteoartrose. Alguns atletas, por exemplo, podem sofrer previamente com essa condição devido aos excessos naturais do esporte em questão.

O enfraquecimento dos músculos que suportam uma articulação também pode levar ao movimento desequilibrado e eventualmente causar a ruptura da cartilagem.

Diagnóstico da osteoartrose

Para diagnosticar a osteoartrose, o médico irá analisar as informações do seu histórico médico e familiar. Exames físicos e de diagnóstico também serão solicitados.

As informações necessárias para ajudar a diagnosticar a osteoartrose incluem:

  • Descrição dos sintomas;
  • Detalhes sobre quando e como os sintomas começaram;
  • Detalhes sobre outros problemas médicos (se existirem);
  • Detalhes sobre a localização da dor e/ou da rigidez;
  • Lista de medicamentos atuais (se há algum em uso).

O exame físico irá examinar as articulações e testar a amplitude dos movimentos. O médico deve procurar por área dolorosas, inchadas ou com outros sinais de danos. Já os testes de diagnóstico podem ser necessários após a análise do histórico médico e do exame físico. Os testes podem ser:

  • Raio-X (Os raios-X mostram se há danos ou alterações relacionadas à osteoartrose);
  • Punção articular (O médico irá inserir uma agulha na articulação para retirar o fluído que ali está para ser examinado posteriormente);
  • Ressonância magnética (Oferece uma imagem melhor do que as imagens do raio-X).

Tratamento da osteoartrose

A osteoartrose é uma doença crônica (de longo prazo). Não há cura, mas há tratamentos disponíveis para controlar os sintomas. A gestão da doença irá incluir vários fatores, dentre os quais:

  • Controle dos sintomas, como dor, rigidez e inchaço;
  • Melhora da mobilidade e da flexibilidade das articulações;
  • Manutenção saudável do peso;
  • Praticar exercícios regularmente.

Medicamentos

Medicamentos para osteoartrose estão disponíveis na forma de pílulas, xaropes ou cremes, mas podem ser diretamente injetados na articulação afetada. Entre os medicamentos estão:

  • Analgésicos;
  • Anti-inflamatórios não esteroides (AINEs);
  • Corticoides;
  • Ácido hialurônico.

Em casos mais graves, uma cirurgia articular pode reparar as articulações danificadas, especialmente quando o problema for nos joelhos ou quadris. Um médico ortopédico será responsável pelo procedimento.

O que você achou do artigo? Comente, curta ou compartilhe.

Leia também:
Conheça as causas, sintomas e tratamentos para artrose
Tudo o que você precisa saber sobre a artrite
Veja as principais causas, os sintomas e como tratar a fibromialgia

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade