• Publicidade

Quais são e como se prevenir das doenças de inverno?

A temperatura e a umidade baixa estão entre os principais fatores para as chamadas doenças de inverno.

As principais doenças de inverno são as respiratórias, fato esse, que se deve principalmente, pelo fato das pessoas ficarem mais em lugares fechados,  o que facilita a propagação de vírus e bactérias que causam inúmeras doenças.

Principais doenças de inverno

As principais doenças de inverno são bem conhecidas da grande maioria da população, até mesmo porque, entra ano e sai ano elas estão por aí assombrando a todos. Vejamos:

doenças de invernoGripe e resfriado – gripes e resfriados são as mais comuns no que se refere às doenças de inverno e, apesar de terem sintomas semelhantes, são doenças diferentes.  Ambas duram entorno de  quatro a cinco dias, causam coriza, obstrução das vias respiratórias,  espirros e dor de garganta,  no  entanto ,  a gripe  causa febre alta , dores, fadiga e pode trazer outras complicações quando  não tratada corretamente.

Pneumonia – esta é uma doença de inverno severa que atinge, principalmente, as crianças e os idosos.  A pneumonia é uma infecção aguda dos pulmões, que pode ser ocasionada depois de uma gripe mal curada, causadas por bactérias, vírus ou fungos.

Amidalite e Garganta Inflamada – são doenças de inverno bem comuns, causadas por vírus ou bactérias, causando muita dor ao engolir, mau hálito e febre.

Otite – normalmente os mesmo vírus ou bactérias que infectam a garganta, podem migrar até o ouvido, causando dor e febre.

Doenças do Sistema Respiratório – aqui temos as doenças de inverno que atinge a grande  parte da  população, são elas: Alergias, Asma, Bronquite, Renite e Sinusite.  Causam inúmeros sintomas, como espirro, coceira, tosse seca ou com catarro, falta de ar, chiado no peito, entupimento do nariz, sendo que, no caso da Sinusite, um  dos maiores sintomas é a  dor de cabeça e nos olhos, além das  pálpebras inchadas, nariz entupido e secreção nasal .

Tratamento das doenças de inverno

Na grande maioria dos casos, os tratamentos dessas doenças são feitas com analgésicos, antitérmicos, anti-inflamatórios.  E ainda, em casos mais graves, como a pneumonia, amidalite e a sinusite, o tratamento pode envolver o uso de antibióticos e corticoides.

Apesar de serem grandes conhecidas de todos, um  grande erro  que  as  doenças de inverno  trazem é automedicação, o que pode ocasionar em sequela mais graves ou  outros  tipos de complicações.

Dessa forma, o tratamento específico para cada caso deve ser prescrito por um médico, sendo que , para estas doenças , a prevenção  pode ser  o melhor  remédio.

Prevenção para doenças de inverno

Apesar de serem doenças distintas, muito dos tratamentos e métodos para se prevenir as doenças de inverno são bastante parecidos, já que são doenças infectocontagiosas. Assim recomenda-se sempre:

  • Lavar muito bem as mãos e nariz;
  • Quando possível – evitar aglomerações;
  • Mantenha-se sempre hidratado;
  • No caso da gripe, a vacina anual é uma excelente forma de prevenção;
  • Evite mudanças bruscas de   temperatura;
  • Mantenha os ambientes arejados e ventilados;
  • Para as doenças respiratórias – mantenha os ambiente limpos e livres de poeira;
  • Não fume;
  • Limpe as vias aéreas, seja com soro fisiológico ou com descongestionantes específicos.

Por fim, uma das melhores formas de prevenção das doenças de inverno é fortalecer o seu sistema imunológico – para tanto, mantenha uma alimentação equilibrada e saudável. Recomenda-se ainda, o consumo dos seguintes alimentos:

prevenção das doenças de inverno

  1. Frutas cítricas e alimentos ricos em Vitamina C: São responsáveis por aumentar a resistência do organismo. Exemplos: laranja, acerola, limão, kiwi, tomate, brócolis, couve, pimentão verde e vermelho, entre outros.
  2. Vegetais verdes escuros e alimentos ricos em ácidos fólicos: Auxiliam na formação de leucócitos (glóbulos brancos) que são responsáveis pela defesa do nosso corpo. Como por exemplo: brócolis, couve, espinafre, feijão, cogumelo e fígado.
  3. Carne, cereais integrais, castanhas, sementes e leguminosas : são alimentos rico em zinco , que ajudam  a combater as gripes e resfriados.
  4. Gengibre – esta raiz é rica em vitaminas C, B6 e com ação bactericida, que ajuda a tratar inflamações da garganta e auxilia nas defesas do organismo como um todo.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade