• Publicidade

A creatina pode aumentar a massa muscular e melhorar a performance nos treinos

creatinaA creatina é um aminoácido que se tornou um dos suplementos mais utilizados nos últimos anos, já que possibilita o rendimento dos atletas nos treinos. São três os aminoácidos que precisam da síntese de creatina em nosso organismo: a arginina, a glicina e a metionina. Esses aminoácidos são encontrados nas carnes vermelhas, nos peixes e nas aves.

A creatina é utilizada pelos atletas que querem aumentar a massa muscular e adquirir melhor performance nos treinos, principalmente em momentos em que seja necessária uma energia extra. Esse aminoácido, além de aumentar a massa muscular, também propicia o aumento da água transportada para o interior da célula, auxiliando na síntese das proteínas que irão aumentar os músculos, ajudando na sua regeneração.

Contudo, a creatina deve ser usada nas dosagens recomendadas pelo fabricante ou pelo instrutor do atleta, já que um dos problemas apresentados por seu uso em doses exageradas são câimbras nos atletas, e isso é provocado pela grande quantidade de água no interior das células, o que irá interferir no metabolismo dos eletrólitos, causando esse problema.

A creatina, no entanto, não provoca qualquer problema nos rins e no fígado, o que é comprovado pelos estudos feitos com a substância. O atleta, contudo, deve manter-se dentro dos limites de utilização do suplemento, sendo indicada a dosagem de 0,03g por quilo de peso, num máximo de 5g por dia, isso quando o atleta estiver num treino mais resistente, quanto o organismo exige mais suplementos para complementar o suplemento energético necessário.

A creatina é um suplemento para aumentar a massa muscular, o que indica que seu uso não engorda a pessoa que estiver tomando. O aumento de peso é devido à condução de maior quantidade de água ao interior das células dos músculos, e não ao aumento de gordura no corpo.

Para o atleta que participa de treinos que exigem maior resistência física, a creatina também pode ser usada com outros suplementos, como de carboidratos. Essa complementação carrega maior quantidade de insulina na corrente sanguínea, que vai captar mais aminoácidos para a síntese de proteínas.

No entanto, o atleta precisa continuar sempre com seu treinamento, evitando a perda de massa muscular. A creatina é um suplemento que não deixa os músculos flácidos, mas isso deve ser compensado pelo atleta com a continuidade de seus treinamentos.

Creatina: melhor desempenho em qualquer atividade

Principalmente quando falamos de musculação, a creatina é um suplemento que traz grande efeito sobre o organismo de um atleta. Seu uso auxilia na melhora de uma série de processos do metabolismo, trazendo muito mais força e resistência.

Os efeitos da creatina no corpo humano foram avaliados inúmeras vezes, sendo um deles feito em Rosário, na Argentina, quando foram avaliados os efeitos da creatina em corredores de 400 metros rasos. Nessa avaliação levou-se em consideração, de uma forma geral, a solicitação energética dos músculos em treinamentos de alta resistência, que é bem próxima daquela exigida nos 400 metros rasos.

A avaliação levou em conta 10 corredores, escolhidos de forma aleatória. No final do estudo, o grupo que tomou a suplementação com esse aminoácido teve uma melhora de 2 segundos em seu tempo.

Outro estudo feito em Gualano, no México, mostrou que a creatina é bastante eficiente para a melhora do treinamento de resistência. O estudo, nesse caso, levou em consideração 22 trabalhos feitos sobre a suplementação de creatina e os resultados mostraram que houve sensível melhora na produção de força física em grupos que tomaram a creatina. Nenhum caso apresentou variação para menos, não apresentando também qualquer efeito adverso ou perda de rendimento.

O terceiro estudo foi realizado em Donato, na Itália, onde foi avaliado o efeito da suplementação pela creatina sobre o desempenho físico em jovens em treinamento. O estudo contou com 10 jovens, com experiência em treinamento de resistência. Depois da utilização do suplemento de creatina durante 5 dias consecutivos, verificou-se uma melhora de 2 a 2,5% na força para a realização de supino reto. Alguns dos jovens avaliados tiveram melhor de até 8% na força conseguida.

Com o conhecimento desses três estudos, podemos entender que esse aminoácido, desde que usado dentro das recomendações do fabricante ou do instrutor, só pode trazer benefícios para o atleta. A creatina apresenta-se como um suplemento bastante eficiente e que traz resultados positivos, aumentando a musculatura e trazendo mais energia para as atividades de treino de resistência.

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade