• Publicidade

A cirurgia de mamoplastia traz riscos aos pacientes?

Essa é uma boa pergunta para se fazer, parar e pensar antes de sair correndo para o endereço da primeira placa que se vê na rua, com publicidade sobre os preços mais baixos na sua região e com formas de pagamento que cabem no seu bolso como uma luva.

Tudo bem que a ideia não é má, principalmente para quem quer muito fazer uma mamoplastia, ao contrário, soa como um convite para o sonho de ter os seios como sempre quis, pagando uma bagatela.

Longe de querer adentrar em termos técnicos, até porque isso cabe aos profissionais de saúde, principalmente, aos especialistas que possuem os devidos conhecimentos para avaliar o que está certo ou errado, porém esse é um tipo de assunto que nunca é demais debater, ainda mais se tratando de uma questão de cuidados com a saúde, uma prioridade na vida de todos.

Para falar sobre os riscos de fazer uma cirurgia de mamoplastia, é preciso entender que todos os procedimentos cirúrgicos, sejam eles pequenos, médios ou grandes, sempre envolvem riscos, por menor que seja.

Por isso, sem querer exagerar, é fundamental que o profissional seja licenciado para realizar qualquer procedimento com segurança. Não se pode confiar em curiosos ou nas propagandas que nada têm a ver com a realidade.

Voltando ao foco principal, que é a mamoplastia, vamos nos basear na cirurgia de redução de mamas, ideal para quem tem seios muito fartos e a condição esteja prejudicando a postura e causando problemas para a coluna.

Dentre os possíveis riscos da mamoplastia destacam-se:

  • Possível redução na sensibilidade do mamilo, que também pode ocorrer na mama;
  • A descoloração na pigmentação da pele;
  • Necessidade de uma nova cirurgia para reparar algo inesperado que possa ocorrer na estética da mama;
  • Acúmulo de líquido;
  • Dificuldades no processo de cicatrização, entre outros riscos.

A melhor maneira de reduzir esses riscos é buscar uma clínica respeitada, pautada na ética e onde o profissional responsável seja um médico cirurgião plástico experiente, registrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Os riscos sempre existem, mas podem ser reduzidos quando o procedimento é realizado por um profissional competente e comprometido com os resultados e com o bem estar do paciente.

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade