• Publicidade

IG – Saiba quais são os alimentos que têm baixo índice glicêmico

índice glicêmicoDescubra quais são os alimentos que apresentam o menor índice glicêmico e aprenda como se alimentar melhor para ter uma vida mais saudável.

O que significa índice glicêmico?

O índice glicêmico é uma forma de medir o tempo que o carboidrato leva para entrar na corrente sanguínea após ser ingerido pelo nosso organismo.

A partir do cálculo desse tempo, lembrando que cada carboidrato é absorvido em velocidades diferentes, é que iremos saber qual alimento irá fazer nosso organismo gerar mais insulina, que é produzida pelo corpo com o intuito de nivelar a quantidade de açúcar.

Se o alimento é absorvido de forma muito rápida, então é por que ele tem grande chance de fazer o corpo gerar muita insulina.

Portanto o Índice glicêmico é de extrema importância para sabermos a relação dos níveis de açúcar no nosso sangue com a glicemia.

Para fazer a comparação do índice glicêmico de um alimento que você vai ingerir, é preciso que tenha primeiro a referência de um alimento, e o padrão usado para os testes de IG é o mesmo de uma refeição comum, como o pão branco.

O teste acontece da seguinte maneira: O cientista encarregado do procedimento dará um pão branco para o paciente e fará a observação da velocidade que os carboidratos desse pão leva para serem absorvidos, assim, do cálculo feito dessa velocidade indicará se o alimento se classifica como baixo IG, médio IG ou alto IG.

O índice leva um padrão numérico de contagem de até 100, na qual o IG será considerado baixo se for até 50, será médio se for de 50 a 70 e será alto se for mais que 70.

Neste artigo passarei os alimentos que apresentam baixo teor de índice glicêmico para que você possa focar em uma alimentação mais saudável, confira!

Quais os alimentos com baixo índice glicêmico?

Os alimentos que têm baixo índice glicêmico nem sempre serão os alimentos que apresentam baixa quantidade de carboidratos, pois alguns tipos de comida podem se mostrar de lenta absorção mesmo com grandes quantidades de carboidratos.

Vamos ver 15 alimentos com IG baixo segundo a tabela da universidade de Harvard.

As massas como:

  • Fettucini – uma porção de 180g – IG de 32.
  • Espaguete integral cozido – uma porção de 180g – IG de 42.
  • Espaguete cozido – uma porção de 180g – IG de 46.
  • Salgadinho de milho – uma porção de 50g – IG de 42.

Os lanches:

  • Batata chips – uma porção de 50g – IG de 51.

Outros:

  • Aveia – uma porção de 250g – IG de 55.
  • Cevadinha – uma porção de 150g – IG de 28.
  • Quinoa – uma porção de 150g – IG de 53.
  • Arroz integral – uma porção de 150g – IG de 50.
  • Leite integral – uma porção de 250g – IG de 41.
  • Leite desnatado – uma porção de 250g – IG de 32.
  • Iogurte com menos gordura e frutas – uma porção de 200g – IG de 33.
  • Maçã – uma porção de 120g – IG de 39.
  • Laranja – uma porção de 120g – IG de 40.
  • Pera – uma porção de 120g – IG de 38.

Lembrando que esses valores foram retirados da tabela de índice glicêmico das frutas de Harvard, clique aqui para ver mais.

Dieta de baixo IG.

Com uma dieta de baixo IG você poderá fazer você emagrecer devido ao efeito que causa no açúcar no nosso sangue, pois com menos açúcar no sangue seu organismo se sentirá menos necessidade de se alimentar, fazendo assim, que seu apetite fique controlado.

Vamos ao cardápio que você pode seguir para ter uma dieta de baixo IG:

No café da manhã:

1 xicara de leite, que pode ser semidesnatado, com café e adoçante, logicamente, além de adicionar 1 fatia de pão.

No lanche:

Bananas com canela e aveia.

No almoço:

Apenas 2 colheres de arroz integral e 1 concha de feijão. Adicionar também um filé de frango grelhado com salada de alface.

No lanche da tarde:

Apenas 2 fatias de pão integral mais queijo branco e um copo de suco de goiaba sem açúcar.

No jantar:

Peixe grelhado mais salada de alface.

Na ceia:

Apenas 1 xicara de iogurte natural e ½ mamão.

Viva com saúde

Portanto, esteja de olho em sua saúde e tente ao máximo melhorar seu cardápio, pois dessa forma você estará melhorando e muito o seu estilo de vida.

Lembrando que nenhuma dieta que você pode encontrar na internet irá substituir o conhecimento profissional de um médico. Faça sempre os exames e saiba a real situação do seu organismo.

Se você se sentiu ajudado com as informações presentes neste post, sinta-se à vontade para compartilhar suas experiências, dessa forma você estará ajudando outras pessoas que estão procurando uma dieta para ter ganhos na saúde. Não se esqueça de curtir, compartilhar e comentar, até mais!

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade